Folha do Comércio

Destaques:
Você está aqui: Home

Investimentos

Com mercado em alta, rede de diaristas e mensalistas busca investidores em Minas Gerais

A expectativa da Mary Help é conquistar 05 novos franqueados no estado

Em meio à recessão econômica que o país enfrenta, muitos brasileiros estão apostando no negócio próprio. Para aqueles que ainda não sabem por onde começar e muito mesmo em que investir, as redes de franquias podem ser uma excelente opção já que o mercado está em alta.

De acordo com os dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), no passado, o setor de franchising teve um crescimento de 8,3%, representando um faturamento total de R$ 151,24 bilhões.

A pesquisa ainda revela que a região sudeste com 71% representa o maior número de redes franqueadoras do país. Diante dessa realidade, a Mary Help, primeira rede de diaristas e mensalistas do Brasil com unidades que administram equipes próprias para serviços em residências e empresas, pretende conquistar 5 novos investidores em Minas Gerais. A rede conta com 67 unidades franqueadas espalhadas por todas as regiões do país e espera chegar até o final do ano com 100 unidades em funcionamento.

Além do crescimento do Franchising, uma das vantagens de se tornar um franqueado da Mary Help é o fato de que a região está atraindo muito o ramo de limpeza. Segundo dados da ABF (Associação Brasileira do Franchising), o Sudeste representou no ano passado 68% do mercado de limpeza e conservação e foi a região com maior taxa de crescimento no setor.

Mesmo com o mercado em alta, a Mary Help prioriza sempre o crescimento sólido, para assim oferecer aos franqueados todo o suporte necessário. A empresa fechou no ano passado com um faturamento de R$ 20 milhões, mostrando que o setor é altamente promissor.

“Há muitas redes de franquia que visam o crescimento rápido, negligenciando o bom atendimento aos franqueados e aos clientes das unidades.  Essas redes iniciam seus negócios sem ter uma loja piloto e sem sequer ter experiência na área.  O resultado disso é um “voo de galinha”, ou seja, a rede cresce muito e depois tem uma grande quantidade de unidades fechadas.  Durante seis anos de existência, a Mary Help nunca deixou de se aperfeiçoar e evoluir, com equilíbrio e qualidade”, conclui José Roberto Campanelli, diretor da marca.

Para os interessados, a franquia pode ser adquirida com um investimento a partir de R$40 mil. O prazo de retorno costuma variar entre 12 a 14 meses e seu faturamento pode chegar a mais de R$150 mil mês.

Para mais informações acesse:http://www.maryhelp.com.br/home