Folha do Comércio

Destaques:
Você está aqui: Vale do Aço Ipatinga Produção de bebidas será fiscalizada no Vale do Aço

Produção de bebidas será fiscalizada no Vale do Aço

- Crea-Minas promove reunião em Ipatinga com o objetivo de orientar os produtores da região quanto à regularização junto ao Conselho e prepará-los para a ação de fiscalização. Além da produção de bebidas, serão fiscalizados também os setores de silvicultura e apicultura -

Com o objetivo de orientar sobre a ação de fiscalização, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) vai promover encontros com os produtores rurais, empreendedores, representantes de entidades públicas, profissionais e empresários dos setores de produção de bebidas, silvicultura e apicultura no Vale do Aço. A reunião será realizada nesta quinta-feira, às 14h30, em Ipatinga.

O fiscal da Regional Vale do Aço do Crea-Minas, engenheiro de produção e de segurança do trabalho Vinícius da Silva Paiva, explica que o intuito central do encontro é orientar e preparar os produtores para a ação de fiscalização, que será realizada entre os dias 20 e 24 de novembro de 2017, nos municípios de Antônio Dias, Marliéria, Dionísio, Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo, Ipaba, Inhapim, Iapu e Santana do Paraíso. “O principal objetivo é evitar penalizações. A partir da reunião, o participante vai se informar sobre as atividades que serão fiscalizadas e terá tempo suficiente de se adequar antes da ação de fiscalização", explica Vinícius.

Durante o encontro, os produtores serão orientados sobre o objetivo da fiscalização do Conselho, esclarecendo as dúvidas e os critérios, e sobre a regularização das atividades dos profissionais que atuam no setor. O gerente de Fiscalização do Crea-Minas, engenheiro mecânico Guilherme Rodrigues, explica que as ações de fiscalização têm como objetivo a constatação da regularidade nas atividades de base tecnológica, verificando a responsabilidade técnica através do registro das empresas e dos profissionais responsáveis técnicos no Conselho, bem como a Anotação de Responsabilidade Técnica (A.R.T.). “Esta nova abordagem na fiscalização aproximou ainda mais o Crea-Minas dos profissionais e das empresas, que passaram a perceber a instituição como parceira para seu crescimento e desenvolvimento”, afirma Guilherme.

Reuniões preparatórias

A realização das reuniões preparatórias é resultado da implementação do projeto de Especialização da Fiscalização no Agronegócio do Crea-Minas, iniciado em 2015 e finalizado em julho de 2017, que teve como objetivo segmentar a fiscalização no agronegócio com estruturas, análises e acompanhamentos especiais. O gerente de Fiscalização detalha que esses encontros passarão a fazer parte da rotina das Fiscalizações Regionais Dirigidas (FRD). “Diante da experiência e resultados tão positivos do projeto, vamos adotar o modelo das reuniões preparatórias para todas as áreas de fiscalização do Crea-Minas. Essas reuniões demonstraram excelente eficácia, fazendo com que os empreendedores se preparassem para a fiscalização, e, assim, alcançamos um índice de regularização de 97,9%, em 2016”, conta Guilherme.