Folha do Comércio

Destaques:
Você está aqui: Vale do Aço Ipatinga

Ipatinga

Produção de bebidas será fiscalizada no Vale do Aço

- Crea-Minas promove reunião em Ipatinga com o objetivo de orientar os produtores da região quanto à regularização junto ao Conselho e prepará-los para a ação de fiscalização. Além da produção de bebidas, serão fiscalizados também os setores de silvicultura e apicultura -

Com o objetivo de orientar sobre a ação de fiscalização, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) vai promover encontros com os produtores rurais, empreendedores, representantes de entidades públicas, profissionais e empresários dos setores de produção de bebidas, silvicultura e apicultura no Vale do Aço. A reunião será realizada nesta quinta-feira, às 14h30, em Ipatinga.

O fiscal da Regional Vale do Aço do Crea-Minas, engenheiro de produção e de segurança do trabalho Vinícius da Silva Paiva, explica que o intuito central do encontro é orientar e preparar os produtores para a ação de fiscalização, que será realizada entre os dias 20 e 24 de novembro de 2017, nos municípios de Antônio Dias, Marliéria, Dionísio, Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo, Ipaba, Inhapim, Iapu e Santana do Paraíso. “O principal objetivo é evitar penalizações. A partir da reunião, o participante vai se informar sobre as atividades que serão fiscalizadas e terá tempo suficiente de se adequar antes da ação de fiscalização", explica Vinícius.

Durante o encontro, os produtores serão orientados sobre o objetivo da fiscalização do Conselho, esclarecendo as dúvidas e os critérios, e sobre a regularização das atividades dos profissionais que atuam no setor. O gerente de Fiscalização do Crea-Minas, engenheiro mecânico Guilherme Rodrigues, explica que as ações de fiscalização têm como objetivo a constatação da regularidade nas atividades de base tecnológica, verificando a responsabilidade técnica através do registro das empresas e dos profissionais responsáveis técnicos no Conselho, bem como a Anotação de Responsabilidade Técnica (A.R.T.). “Esta nova abordagem na fiscalização aproximou ainda mais o Crea-Minas dos profissionais e das empresas, que passaram a perceber a instituição como parceira para seu crescimento e desenvolvimento”, afirma Guilherme.

Reuniões preparatórias

A realização das reuniões preparatórias é resultado da implementação do projeto de Especialização da Fiscalização no Agronegócio do Crea-Minas, iniciado em 2015 e finalizado em julho de 2017, que teve como objetivo segmentar a fiscalização no agronegócio com estruturas, análises e acompanhamentos especiais. O gerente de Fiscalização detalha que esses encontros passarão a fazer parte da rotina das Fiscalizações Regionais Dirigidas (FRD). “Diante da experiência e resultados tão positivos do projeto, vamos adotar o modelo das reuniões preparatórias para todas as áreas de fiscalização do Crea-Minas. Essas reuniões demonstraram excelente eficácia, fazendo com que os empreendedores se preparassem para a fiscalização, e, assim, alcançamos um índice de regularização de 97,9%, em 2016”, conta Guilherme.

FSFX aposta em energia sustentável

A T8M, empresa reconhecida por oferecer ao mercado fontes de energia renovável, e a Fundação São Francisco Xavier, entidade beneficente de assistência social com décadas de história no Vale do Aço, selaram recentemente uma parceria de impacto para a utilização da energia solar em busca de uma existência mais sustentável.

Desde setembro, a equipe T8M tem trabalhado em uma das unidades da FSFX, o Colégio São Francisco Xavier, na instalação de uma usina fotovoltaica que irá gerar em média 7.170 kwh por mês. O sistema é composto por 192 painéis e será responsável por evitar, nos próximos anos, a emissão de 170 toneladas de dióxido de carbono, um dos gases responsáveis pelo efeito estufa – processo que resulta na elevação da temperatura do planeta, alterando e comprometendo o seu equilíbrio.

A T8M também tem em andamento a instalação do sistema fotovoltaico na Unidade de Oncologia do Hospital Márcio Cunha, referência no leste de Minas Gerais. Além disso, está prevista a instalação de novos sistemas no Centro de Odontologia Integrada no fim desse mês, e em novembro na Unidade de Saúde Ocupacional - SESMT. Juntos, os quatro projetos possuem capacidade para iluminar o equivalente a 330 casas e deixarão de emitir 960 toneladas de dióxido de carbono na atmosfera nos próximos 25 anos.

Toniangelo Vieira, sócio da T8M, ressalta que esse projeto possui um caráter especial por se tratar de um cliente do porte da FSFX. De acordo com Toni, a iniciativa da Fundação representa um passo adiante na conscientização sobre a importância de se utilizar a energia solar: ‘’Uma empresa como a Fundação, respeitada e exigente, investindo em projeto de energia solar fotovoltaica só demonstra o quanto essa tecnologia já se tornou realidade e que vai se expandir cada vez mais’’.

A T8M e seus parceiros entendem que utilização do sol na geração de energia simboliza o presente e futuro. Por isso, a empresa trabalha diariamente na disseminação dos ideais sustentáveis, criação de consciência ecológica e valorização da energia solar – melhor para o meio ambiente e mais econômica.

Ipatinga sedia encontro regional de Educação de Jovens e Adultos

A cidade de Ipatinga irá sediar no próximo sábado,21, o 1° Encontro de Profissionais da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Vale do Aço. O evento acontecerá pela manhã e à tarde, de 7h30 às 17h, nas dependências da Faculdade de Direito de Ipatinga - Fadipa, no bairro Veneza.

O encontro é proporcionado pela Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano em conjunto com as Secretarias de Educação de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo. O público-alvo são os professores da EJA, pedagogos, as secretarias de Educação e demais educadores.

Na programação constam diversas atividades, entre elas uma apresentação musical e um circuito de palestras. A gerente Pedagógica e coordenadora da Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Ipatinga, Mariene Patrícia Rodrigues, abordará o tema “A EJA e seus desafios”.

Entre os palestrantes está também Ramuth Marinho, educador de Belo Horizonte e integrante do Fórum Mineiro de Educação de Jovens e Adultos e da Campanha Nacional pelo Direito à Educação.

Ele falará sobre o tema “Currículo na Educação de Jovens e Adultos”.

Outro assunto a ser tratado é “Juventude presente na EJA”, uma palestra com Igor Thiago Moreira Oliveira, professor da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas.

A Educação de Jovens e Adultos atende mais de mil alunos em Ipatinga. Funciona de segunda a sexta-feira, nas escolas municipais Altina Olívia Gonçalves (Iguaçu), Artur Bernardes (Canaã), Gercy Benevenuto (Taúbas), João Reis de Souza (Limoeiro), Levindo Mariano (Bom Jardim), Márcio Andrade Guerra (Veneza II), Mário Casassanta (Zona Rural, Ipaneminha), Prof.ª Maria da Conceição Pena Rocha (Esperança) e Zélia Duarte Passos (Bethânia). As aulas são ministradas das 18h às 21h nas escolas rurais e de 18h às 22h nas escolas urbanas.

Ação da Aciapi/CDL nas ruas do Canaã

Cada vez mais próximas dos seus associados e representados, a Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga lançam uma nova empreitada, a Aciapi-CDL Sempre Ao Seu Lado. Com esta ação, as duas entidades estarão ainda mais presentes nas ruas dos principais centros comerciais de Ipatinga, fortalecendo o projeto Aciapi-CDL Itinerante.

A campanha tem como objetivo visitar os estabelecimentos e identificar as necessidades de cada empresário contatado. Em cada bairro visitado, também será instalada tenda das entidades para o atendimento às empresas.

Assim, a Aciapi e a CDL de Ipatinga buscam fortalecer o associativismo com ações localizadas. O primeiro bairro a receber a ação será o Canaã, importante polo de lojas e estabelecimentos de profissionais liberais da cidade. A tenda das entidades será instalada em frente a Escola Municipal Arthur Bernardes, no canteiro central da Avenida Selim José de Sales.

A equipe da Aciapi e CDL irá percorrer todo o bairro, entre os dias 23 a 27 de outubro. Um dos intuitos é prospectar novos associados e estreitar ainda mais a relação com os empresários que já integram as entidades.

O presidente da Aciapi, Cláudio Zambaldi, destaca que ao longo dos anos e crescimento da associação e CDL, o associado tem acesso a uma série de serviços exclusivos e outros com condições especiais.

“A Aciapi e CDL fortaleceram o associativismo, em decorrência disso, as entidades ofertam uma carta de produtos ampla aos associados. Além de um excelente guia de convênios, que incluem desde academias à instituições de ensino, possuímos parcerias de concessão de crédito com o BDMG e Caixa Econômica Federal, serviços do SPC, oferta de cursos e capacitações, plano de saúde Unimed, condições especiais para o certificado digital Certisign e mais recente a nossa parceria com a Giganet, que está ofertando um plano especial para os associados, além de outros produtos”, destaca Cláudio.

Para o presidente da CDL de Ipatinga, José Carlos de Alvarenga, a adesão de novos associados tende a contribuir para os dois lados.

“Só conseguimos ofertar estes serviços e ter a representatividade que temos, por causa do número de associados. No associativismo, a soma dos membros multiplica a força da entidade. Acreditamos que a partir desta campanha, a Aciapi e CDL ofertarão ainda mais benefícios aos seus associados. Nós temos a certeza do sucesso deste enorme projeto e convidamos a todos os comerciantes do bairro Canaã para dialogar com a nossa equipe e ver o que podemos auxiliar no fomento do seu negócio”, afirma José Carlos.

Todos os estabelecimentos visitados, durante a semana dedicada ao bairro Canaã, concorrerão ao sorteio de um smartphone. O sorteio será realizado no ponto de apoio da Aciapi e CDL de Ipatinga instalado no canteiro central da avenida Selim José de Sales, às 17h da sexta-feira (27).

FIEMG e SEBRAE promovem Hackathon Indústria Vale do Aço

Inscrições para o desafio no estilo “maratona de ideias” encerra dia 27/10

O desafio será lançado e a expectativa é que cerca de 80 participantes apresentem soluções para os problemas propostos pela Cenibra, Usiminas e Vale entre os dias 27 e 29/10, no Centro Integrado SESI-SENAI-FIEMG, no Hackathon Indústria, promovido pelo SEBRAE, em parceria com a FIEMG Regional Vale do Aço e a Comunidade Compartilhar.

De acordo com Luiz Sérgio Martins Junior, analista de relações empresariais da FIEMG, a competição direcionada para o empreendedorismo e inovação no setor da indústria, visa proporcionar integração para projetos e ideias inspiradoras. As inscrições encerram na próxima sexta-feira, dia 27/10. Interessados poderão se inscrever pelo link https://www.sympla.com.br/hackathon-industria-vale-do-aco__194275

“Serão três dias de mentorias, apresentações, palestras, brainstorming, dinâmicas e oficinas onde estudantes, desenvolvedores, programadores, designers, publicitários, empresários, makers, empreendedores e profissionais da indústria terão que apresentar soluções tecnológicas para os gargalos que impactam a produtividade nas indústrias”, explica Larissa Mafra, analista técnica do SEBRAE.

O empreendedor João Marinheiro, diretor de vendas da Virturian, formado em Propaganda e Marketing pela ESPM (SP), com passagens pela Intel e parte da equipe da aceleradora StartupFarm e co-fundador da IndWise atuará como facilitador no Hackathon Indústria.

Para inspirar, estimular e orientar os participantes, os mentores Thiago Maciel (Sam24), Gustavo Garcia (GTC Automação), Rafael Pereira Figueiredo (AikoLogic), Túlio Pires (NEED Engenharia) e Renata Dias Souza, Bráulio de Oliveira, Edvaldo Ribeiro e Diego Fellipe da Silva (Senai) estarão à disposição durante a maratona.

A iniciativa conta com o apoio do Sesi, Senai, Usiminas, Cenibra e Vale. Mais informações pelo telefone 3830-3306.

Conheça os desafios:

Cenibra

·     Dificuldade para acompanhar as datas/mudanças na Legislação Federal, Estadual e Municipal que impactam a Cenibra.

·     Gestão mobile de inventário de hardware e software em função da dificuldade de manutenção do Inventário atualizado.

Vale

·    Falta de método (equipamento/instrumento) de coleta de dados de pressão, temperatura, velocidade, aceleração, umidade e densidade do ar (partículas suspensas no ar) para identificar problemas em vagões com válvulas de freio diferentes durante a movimentação do trem.

·     Não existe programa de fidelização e vantagens por uso para os clientes do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória Minas.

Usiminas

·    Aumentar o índice de detecção de problemas de qualidade em bobinas da Laminação a Frio. Durante o tempo em que o inspetor de qualidade está registrando manualmente (papel e prancheta) outros problemas detectados anteriormente no sistema, a linha continua operando sem que o inspetor esteja focado no material podendo gerar maior demanda de inspeção nas linhas subsequentes.

·     Falta de monitoramento integrado das partículas sedimentáveis no entorno da planta da Usina de Ipatinga. Hoje são monitoradas as partículas inaláveis e as partículas totais, mas as partículas mais “percebidas” pela comunidade são as partículas sedimentáveis as quais não possuem monitoramento específico.

Página 1 de 26