Folha do Comércio

Destaques:
Você está aqui: Cultura Eventos

Eventos

Fabiana Schimitz lança Perfis no Zélia Olguin

IPATINGA – Um vendedor de sorvetes que já leu mais de mil obras literárias e um congadeiro e sanfoneiro, que jamais teve uma sanfona, são personagens de Perfis, livro que a jornalista Fabiana Schimitz(FOT0)lança, às 19h30  na sexta-feira (20), no Teatro Zélia Olguin.

A obra é uma compilação de reportagens sobre moradores do Vale do Aço publicadas entre 2005 e 2007 na sessão Perfil, do Diário do Aço. “O livro é o retrato de pessoas comuns que revelaram suas lutas, anseios, angústias e conquistas, por meio de narrativas deliciosas, que nos levam a viajar pelo universo delas”, define a autora.

Fabiana destaca ainda que Perfis é uma forma justa de apresentar à região como cada um desses anônimos contribui para a construção da história do Vale do Aço. “Seja no aspecto econômico, cultural, artístico, todos os entrevistados que comparecem no livro têm a sua importância na formação da identidade local”.

Perfis é uma produção independente. Para viabilizar sua publicação, Fabiana promoveu campanhas nas redes sociais e em um site de financiamento coletivo. “Muitas pessoas, de boa vontade, se uniram em torno desse meu trabalho e contribuíram para a realização do meu sonho de deixar um legado para o Vale do Aço. São amigos que abraçaram a causa que hoje entra em cena como projeto realizado”.

Os interessados em participar do evento, que tem entrada franca, devem confirmar sua presença pelo telefone (31) 9.8829-9591 ou retirar seu ingresso na bilheteria do Teatro Zélia Olguin.



Instituto Cultural Usiminas lança programa Eu Dou Valor

Comunidade poderá doar até 6% do Imposto de Renda e contribuir para ampliar as ações do Instituto nas comunidades

Você sabia que parte do seu Imposto de Renda pode fazer a diferença na vida de milhares de pessoas? Pessoas físicas também podem ser patrocinadoras de projetos culturais aprovados pelo Ministério da Cultura e contribuir diretamente para a realização de ações transformadoras na comunidade. Para ampliar ainda mais o alcance de suas atividades, o Instituto Cultural Usiminas lança o programa “Eu Dou Valor”, que receberá incentivo de pessoas físicas via imposto de renda e contribuição direta.

Com 23 anos de atuação, o Instituto Cultural Usiminas leva desenvolvimento sociocultural para milhares de pessoas em várias cidades do país, por meio de projetos nas áreas da cultura, esporte e desenvolvimento social. O programa “Eu Dou Valor” contribui para a continuidade desses projetos que oferecem, de forma democrática, o acesso à arte, cultura e educação e movimenta uma grande cadeia da economia onde as ações são realizadas.

A doação se reverte em apresentações de espetáculos gratuitos para famílias e escolas; cursos e oficinas para capacitação de professores e arte-educadores; profissionalização de grupos artísticos; movimentação da economia e geração de emprego e renda para artistas, profissionais liberais, comércio e serviços em geral; estímulo ao turismo cultural e de eventos e uma programação permanente e de qualidade para o Centro Cultural Usiminas e Teatro Zélia Olguin, em Ipatinga (MG).

A diretora do Instituto Cultural Usiminas, Penélope Portugal, reforça a importância da participação da comunidade no programa “Eu Dou Valor” como forma de contribuir para o desenvolvimento social de milhares de pessoas. “As doações vão ampliar o trabalho sociocultural já realizado pelo Instituto em comunidades de várias partes do Brasil. O Programa dá às pessoas a liberdade de escolher para onde será encaminhado parte do seu imposto e a possibilidade de acompanhar a aplicação do recurso de maneira transparente”, frisa.

Para participar, os interessados devem acessar www.eudouvalor.com.br. No site é possível conhecer mais sobre o programa, tirar dúvidas, fazer uma simulação e realizar a doação.

 

Perfis tem pré-vendas no Avesso

A jornalista Fabiana Schimitz promove, no  sábado,16, no Avesso Pub, a pré-venda do seu livro, Perfis, que deve ter lançamento oficial até o próximo mês. O evento tem como objetivo reunir amigos interessados em adquirir um vale-livro da obra.

Perfis é uma compilação de reportagens sobre pessoas que saíram do anonimato após conceder entrevista ao jornal Diário do Aço. As matérias foram publicadas na sessão do impresso chamada Perfil entre 2005 e 2007.

“São personagens fascinantes, como artistas, inventores, pioneiros e escritores que falam de seu cotidiano, permeado de sentimentos universais, como amor, paixão, alegria, angústia. Perfis é a representação de parte da história do Vale do Aço, contada por pessoas que tecem o cotidiano, mas nem sempre recebem o merecido reconhecimento”, comenta Fabiana Schimitz.

A escritora adianta que o pré-lançamento contará com a participação do músico Sóstenes Araújo.

FINANCIAMENTO

Perfis é uma produção independente viabilizada graças a campanhas nas redes sociais e em um site de financiamento coletivo, além do apoio de instituições e empresas da região. Segundo destaca Fabiana Schimitz, o movimento para arrecadação de recursos continua na internet. “Estamos na reta finado do projeto, e todo apoio é bem-vindo. Interessados em participar da campanha podem acessar a fanpage facebook.com.br/perfis.fabiana.schimitz ou acessar o site www.vakinha.com.br/vaquinha/publicacao-livro- perfis e fazer sua doação”, explica a autora.

SERVIÇO

Pré-vendas do livro Perfis, de Fabiana Schimitz, com a participação do músico Sóstenes Araújo. Dia 16 de setembro, de 20h às 23h55, no Avesso Pub, no Centro Comercial do Cariru.

Exposição Olhares Diversos

Na noite desta quinta-feira,10, às 20h, a Fundação Aperam Acesita recebe  Olhares Diversos, exposição coletiva de artistas do Vale do Aço e região. Na oportunidade, o público poderá conferir o que está sendo produzido no campo das artes plásticas, com diversos temas e técnicas. Ao todo, 30 artistas exibirão seus trabalho, totalizando 70 obras.

Para a coordenadora de projetos da Fundação Aperam Acesita, Kelly Soares, é um privilégio para a Fundação reunir artistas do Vale do Aço em seu espaço, que sempre foi dedicado à cultura, às artes em todas as suas formas de manifestações. “Nosso foco é sempre manter vivos os movimentos culturais da região, valorizá-los. Iniciativas como essa têm muito a ver com a nossa missão de facilitar o acesso a cultura a toda população”, disse.

A exposição ficará aberta ao público até o dia 30 de setembro, na Fundação Aperam Acesita, de segunda a sexta, de 8h30 às12h e de 13h30 às 17h. A entrada é gratuita.

Seresta na praça

E pra quem gosta de relembrar os velhos tempos e curtir uma boa música, nesta sexta-feira (11) às 20h, na praça do Olaria, o grupo de seresta Grãos de Sonhos se apresenta com um repertório repleto de canções populares. A atração integra as atividades do projeto Andanças, que tem como parceiros a Fundação Aperam Acesita, Prefeitura de Timóteo e a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Timóteo.

 

Pintor expõe obras em 3D no hall da PMI

Com talento diferenciado e praticando uma técnica bastante rara, Marcílio Caldeira(FOTO), pintor profissional há mais de 39 anos, tem chamado muito a atenção do público com a exposição que realiza no hall de entrada da Prefeitura de Ipatinga, há uma semana.

Natural de Belo Horizonte, o artista mora em Ipatinga há dez anos e costuma expor suas obras no Centro da cidade e no bairro Horto.

De acordo com Marcílio, as primeiras obras do gênero que produzia eram feitas em cartolina e papelão. Percebendo a boa receptividade do estilo, com o passar dos anos ele foi aprimorando sua técnica e começou a usar Eucatex, valorizando ainda mais as paisagens, o principal foco de suas pinturas. Hoje o trabalho alcançou um nível especial de qualidade e, além das telas, o artista conta que às vezes produz as imagens diretamente nas paredes dos clientes.

O expositor explica que as pinturas são realizadas em alto relevo, o que as faz adquirir uma impressão 3D.

E por que ele pinta apenas paisagens? Marcílio responde: “Eu penso muito na biodiversidade e assim advogo por meio de minha arte a defesa da natureza que o homem tanto destrói”.

Interessados em conhecer mais o trabalho do Marcílio Caldeira podem apreciá-lo na Prefeitura de Ipatinga até a próxima sexta-feira,11, ou entrar em contato com ele pelo telefone 99537-1564.

Página 1 de 2